terça-feira, 24 de maio de 2011

Minha vida de ex au pair tem sido assim...





Olá vizinho


Bom...por onde eu começo...tô sem ponto de interrogação...então espero que voçês captem as minhas perguntas durante o texto, caso eu faça alguma...rsrsrs.

Voltei há um ano dos EUA, onde trabalhei como au pair para uma família que eu amo (fazendo um balanço geral) no Estado de Illinois. Com o tempo vou postando minhas experiências por lá. Este post é pra falar como esta sendo minha vida aqui no Brasil. Assim que cheguei fiquei super perdida e virei a neguinha mais fresca do Rio de Janeiro. A verdade é que quando o avião iniciou o procedimento de pouso e pela janelinha do meu seat eu avistei a beleza das favelas cariocas...me bateu aquela depressão e um arrependimento mortal de ter voltado. Me assustava com tudo, me aborrecia com tudo, e todas as pessoas, inclusive meus pais e minha sister pareciam as pessoas mais mal educadas do planeta. Sem exageros...os dois primeiros meses foram um inferno. Numa discussão com minha mãe ela mandou com todas as letras que eu voltasse para os EUA pq eles não me aguentavam mais, de tao insuportável que eu estava. Agora vou tentar me jutificar: muitas meninas que vão para os EUA mesmo como au pairs tem uma vida mais ou menos no Brasil, uma situação financeira estável, um carro, a casa de praia de alguém pra ir no fds, uma faculdade ou um cursinho de inglês bacana pra frequentar, moram em apartamentos ou casas, mesmo que simples, em bairros medianos. Quando essas meninas chegam aos EUA elas se deslumbram com as coisas, ficam alucinadas mas nada fora do normal. No meu caso, eu fiquei louca. Acostumar com o que é bom leva apenas algumas horas...ou minutos. Quem acompanhava esse blog no início sabe de onde eu venho... sair de uma favela, de uma vida de dureza para o paraíso não é fácil e depois de tudo de bom que os meus olhos viram...ter de voltar para o mesmo lugar foi super díficil pra mim...MAS SUPEREI!!! Fiquei uns 3 meses à toa, ou melhor, ajudando meu pai na lanchonete que ele abriu e nesse intervalo recebi várias ligações de trabalho claro que antes mesmo de voltar eu já tinha mandado vários curriculos pra algumas vagas de trabalho super interessantes no RioVagas.com. Recebi mais de 20 ligações. No ínicio dispensei um monte pq não queria trabalhar. Fui a 8 entrevistas. Algumas não curti o horário de trabalho, outras pq era longe demais, e outras pq eles deram preferência para as candidatas primas da Gisele Bundchen...como não passo perto, fiquei de fora mesmo com o inglês superior ao delas. Meu primeiro emprego foi então no "Dutty Free" no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Fiquei lá apenas um mês pq fui chamada para trabalhar na TAM Linhas Aéreas, onde estou atualmente, também no Aeroporto Internacional Tom Jobim. Minha prmeira entrevista na TAM foi uma semana depois de chegar ao Brasil, foi um processo seletivo muito longo, já tinha desistido quando enfim eles me ligaram pra levar os documentos.

Trabalhar na TAM é bem legal e as vezes estressante, afinal, lidar com o público não é fácil...mas eu ADORO!!! A galera é super animada e em pouco tempo trabalhando lá consegui sair e conhecer mais coisas do que em um ano nos EUA. Mas definitivamente não é um lugar onde eu trabalharia muito tempo. Tenho muitas histórias de lá pra contar pra vocês...me aguardem!

Fiz algumas viagens esse ano. Trabalhar na TAM tem suas vantagens, 92% de desconto nas passagens para funcionários. Fui pra Argentina, Paraguai, conheci as Cataratas do Iguaçu e em Agosto vou para Paris...falando desse jeito sounds so easy...mas na última viagem fiquei sem dinheiro por quase dois meses...e isso não foi bom...mas valeu o passeio!

Namorado não tenho ainda mas flertei com um belo rapaz lá do trabalho essa semana. Incrível como eu nunca o tinha visto antes por lá...não sei se vai dar em alguma coisa mas é sempre bom essa fase de paquera...e isso não acontece há um bom tempo comigo.

Well, tenho tanta coisa pra contar, queria dar mais detalhes de tudo mas colocar um ano em um post ainda não é possível. Então vou contando aos poucos, e caso vcs queiram saber mais sobre determinado assunto é só propor num comment que eu falo mais, ok. Ahh...e por favor não tenham preguiça de comentar, preciso saber se alguém ainda lê isso aqui. Se puder me indicar para os seus leitores será melhor ainda. Acima, algumas fotos da TAM e de Iguaçu.


Vizinhança me despeço agora,

Até o próximo.

2 comentários:

Ligia. disse...

kath eu super me indentifico com vc, tb moro na favela em sp,minha casa tem 3 comodos, quarto, sala e cozinha mais banheiro, vou sentir muita falta de um quarto soh pra mim, jah que nunca tive, de verdade , mas sei que tenho que voltar , espero que nao seja tao dificil , vou me esforçar pra nao ser chatinha , haha, que deus me ajude,
muito bom ver vc de volta , nao some hein,

Adriano disse...

Kath, admiro você, a sua história de vida, a sua transparência e a sua ''humildade''! Siga em frente, está no caminho certo e que Deus proteja sempre seus pensamentos e seus passos. God bless you!